16
out 15

Nova geração de izakayas: Matsu

O lançamento do livro “Izakaya: Por Dentro dos Botecos Japoneses” (Jo Takahashi | Editora Melhoramentos) parece estar deflagrando uma nova onda no cenário gastronômico da cidade de São Paulo. Só nestes últimos 8 meses, foram inaugurados na cidade, três novos izakayas. E a moda está se expandindo para outras cidades. Era também a previsão do superintendente da editora Melhoramentos, Breno Lerner, quando lançou a ideia de publicar o livro.

Ruflar da cortina noren, na entrada do izakaya. buy provigil no prescription

Ruflar da cortina noren, na entrada do izakaya.

tramadol for sale

Dentre as novidades, Jojoscope visitou o recém-inaugurado Izakaya Matsu, em Pinheiros, reduto que concentra um número representativo de novos izakayas. O Matsu, no entanto, já entra no mercado herdando a grife do Izakaya Issa, de dona Margarida Haraguchi. Seu filho, Lúcio, é quem administra a nova casa, que diferente de outros izakayas, abre também na hora do almoço, com uma proposta não muito comum: oferece uma refeição fixa, que muda todos os dias, e na exata quantidade de 25 pratos. A casa abre um pouco mais cedo do que o normal, às 11h30, e ao meio dia, seu balcão com está praticamente lotado.

12:30 - o balcão já está quase totalmente ocupado. buy alprazolam online no prescription

12:30 – o balcão já está quase totalmente ocupado.

buy adipex without prescription

A proposta do almoço no dia de nossa visita foi pescada amarela frita, com molho ankake agridoce com tirinhas de cenoura e cebola, acompanhado de uma salada de repolho e alface temperado levemente com shoyu e óleo de gergelim. Nos acompanhamentos, cubinhos de pepino com flocos de peixe seco bonito, que ganham acento pronunciado com a pasta de missô levemente picante, uma sensacional berinjela frita e temperada com gengibre e shoyu ( Toshi Akuta, que coordena a cozinha,  fez questão de ressaltar que se tratam de berinjelas finas, – o naganasu –  provenientes da horta diferenciada da pesquisadora culinária Marisa Ono), um kimpira gobô (tiras de bardana e cenoura refogados no óleo de gergelim) , arroz e misoshiru (estes dois itens podem ser repetidos).

O Teishoku (prato feito) do dia. buy klonopin online no prescription

O Teishoku (prato feito) do dia.

Surpresas etílicas para a noite: ótimos saquês, shochus e whiskies japoneses. ativan for sale

Surpresas etílicas para a noite: ótimos saquês, shochus e whiskies japoneses.

diazepam online pharmacy

O diferencial fica por conta do tamanho da casa. Por ser pequena, a cozinha fica à vista, na frente do balcão e a diversão é ficar assistindo a feitura dos pratos, como na cozinha de nossas casas. Tudo em clima bem doméstico e acolhedor. Outro diferencial fantástico: tomadas para recarregar o celular no balcão, enquanto você come. Tem tomada elétrica e USB. Izakaya tecnológico é isso. Ah, e claro, o ambiente tem wifi pra você postar as delícias.

Equipe unida: Adriano (Geleia), chef Toshi Akuta, Cintia e o administrador Lucio. buy soma without prescription

Equipe unida: Adriano (Geleia), chef Toshi Akuta, Cintia e o administrador Lucio.

Não será fácil encontrar em restaurantes, este tipo de gentileza: tomadas para alimentar seu celular. E na companhia do melhor shoyu. buy valium online without prescription

Não será fácil encontrar em restaurantes, este tipo de gentileza: tomadas para alimentar seu celular. E na companhia do melhor shoyu.

buy ultram online without prescription

Agora o Izakaya Matsu anuncia o cardápio da semana para os almoços. Acompanhe pela sua página no FACEBOOK.  Mas é à noite que o Matsu se revela com todo o seu potencial izakaya. E seu diferencial, petiscos feitos com carinho e alguns segredinhos, foram avaliados pela equipe da revista Veja em São Paulo, e já  no ano de sua estreia faturou o prêmio na categoria Melhor Petisco, na consagrada premiação do Comer e Beber. O petisco, no caso, são os Tebasaki, asinhas de frang0 fritos e imersos num caldo ligeiramente adocicado, preparado com saquê culinário, mirin, shoyu, gengibre, e claro, alguns segredinhos.

buy ambien online without prescription

capa matsu

phentermine online without prescription

Não dispense a entradinha, pois até no trivial se revelam grandes sabores. É o caso do Kimpira Gobô, finas fatias de bardana e cenoura, temperadas com ótimo shoyu importado e óleo de gergelim. E arrisque a maionese, sua leveza é surpreendente. Feita com batatinhas, pepino e cenoura, e Cupie, a queridíssima maionese japonesa. E para as noites frias, o lámen do Matsu se revela um jantar dos deuses. Fumegante, caldo preparado com tonkotsu, osso de porco. O tutano dá consistência ao caldo, sem ser pesado. A abundância de verdes no topping confere até uma certa leveza.

Maionese da casa, e o kimpira gobô. Foto: Jojoscope buy zolpidem no prescription

Maionese da casa, e o kimpira gobô. Foto: Jojoscope

Lámen fumegante-verdejante. Foto: Jojoscope buy xanax without prescription

Lámen fumegante-verdejante. Foto: Jojoscope

 

SAMSUNG CAMERA PICTURES

Equipe em trabalho concentrado. Receitas em segredo.

 

A fachada elegante lembrando o estilo Machiya, que caracteriza as fachadas de bairros populares de Kyoto, com a cortina noren dando as boas vindas.

A fachada elegante lembrando o estilo Machiya, que caracteriza as fachadas de bairros populares de Kyoto, com a cortina noren dando as boas vindas.

Nossa companhia para este momento memorável: a jornalista e fotógrafa Margareth Abussamra e a pianista japonesa, Makiko Yoneda.

Nossa companhia para este momento memorável: a jornalista e fotógrafa Margareth Abussamra e a pianista japonesa, Makiko Yoneda.

Izakaya Matsu (siga no facebook)

Rua Pedroso de Morais, 403 Pinheiros São Paulo SP  Tel: 011 3812-9439

Almoço: 11h30 às 14h30  Jantar: 18h às 23h (último pedido na cozinha às 22h)

Aceita cartões de crédito e débito.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *